Unip: SAEP cobra retroativo do pagamento do auxílio alimentação

Brasília-DF, domingo, 25 de agosto de 2019


Brasília, quinta-feira, 6 de outubro de 2016 - 16:13      |      Atualizado em: 23 de março de 2017 - 18:54

DIREITO GARANTIDO

Unip: SAEP cobra retroativo do pagamento do auxílio alimentação

Onde houver qualquer tipo de manipulação de direitos, haverá a reação da categoria

A campanha salarial de 2016 foi uma das mais longas e difíceis da nossa história. A Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) só foi assinada pelo sindicato laboral e patronal (Saep/Sindepes), em 19 de agosto.

Todos sabem que a aplicação de todas as suas cláusulas, principalmente as de cunho econômico, retroagem à nossa data-base, que é 1º de maio. Isto fica definido logo na 1ª rodada de negociação com o Sindepes. Quando as partes abrem mão do dissídio coletivo, optam pela continuidade das negociações e reafirmam a data-base em 1° de maio.

Tem sido assim todos os anos. Alias é assim, historicamente, com as demais categorias de trabalhadores.

Assinada a convenção coletiva, algumas empresas da educação superior privada tentam manipular a aplicação das cláusulas da CCT, de modo a não cumprir o compromisso pactuado com o Sindepes. Sempre dando um jeito de manter a exploração e o lucro fácil. Em especial no tocante ao reajuste do auxílio-alimentação para 16 reais/dia - o que mal dá para comprar uma refeição básica nos restaurantes das próprias faculdades!

Algumas instituições tentaram descontar 20% e com a reação do Saep, desistiram. Outras tentaram até oferecer "quentinhas" pra não pagar o auxílio-alimentação. Outras, ainda, tentam pagar o reajuste, mas sem retroagir à data-base de 1º de maio.

É o caso da Unip, no DF, que no início tentou descontar 20%. Apelamos ao bom senso e a Unip, enfim, desistiu disso, mas se apegou a outra tentativa: pagar os 16 reais, mas não pagar o retroativo à data – base, 1º de maio.

O Saep, mais uma vez, cobra o bom senso para que empresas como a Unip, tão pautadas pela mídia nacional como impérios da educação privada no país, não se apequenem ao tentar manipular ou sonegar direitos tão básicos de seus empregados, conquistados com muita luta pelos auxiliares da educação.

Que prevaleça o bom senso na Unip. Onde insistirem neste tipo de manipulação haverá a reação da categoria, protestos e muita luta.

Todos mobilizados pelo pagamento retroativo do auxílio alimentação!









Últimas notícias

Notícias relacionadas



REDES SOCIAIS
Facebook

Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar em Estabelecimentos Particulares de Ensino no Distrito Federal

Ed. Venâncio IV, Sala 403, 4° andar - Setor de Diversões Sul - CONIC
Brasília/DF - CEP: 70300-000
Telefone: (61) 3034-8685 - Fax: (61) 3034-8688
sec.saepdf@gmail.com